Get Your Premium Membership

MINHA ALMA CHORA AO VER O MUNDO

MINHA ALMA CHORA AO VER O MUNDO * Jc Pereira Olho o mundo, Minha alma chora, Um negro futuro, É mostra, o que se espera? Nossas crianças morrendo, Chuvas de bombas derramadas, Quer na Síria, Gaza ou Líbano, Elas são chacinadas. A mulher desvalorizada, sofre estupro, Violentada, empoderada, Dela fazem apenas uso. O idoso vai para asilo, Nem os filhos os quer, É mantido preso, Em abrigos relés, Sob a violência jaz o mundo, A Igreja se perdeu, Religião virou comercio, Objeto de Fariseu. Olho o mundo e choro, A hipocrisia reina, O rico cada vez mais rico, O pobre jogado na arena. Tal como na Roma antiga, No Coliseu da Injustiça Social, O rico se delicia na arquibancada, Oprimindo o pobre, um ser banal. Olho o mundo e choro, Não vejo solução, Resposta não encontro, Para este mundo cão. O político se corrompe, Age em causa própria, Esquece o pobre, O dinheiro é sua gloria. Mundo ingrato e cruel, Se Jesus voltar hoje, Vão lhe dar vinagre e fel, Pois o homem, não o conhece. Crucificarão Jesus novamente, De forma mais cruel, O homem perdeu o norte, O mundo é Torre de Babel Jose Carlos Pereira O autor, Dhc. Dr. Jose Carlos Pereira PHD, é doutor em Filosofia, PHD em Teologia, Doutor em Comunicação, Capelão, Bispo, Pastor, Teólogo, Filosofo, Embaixador da Paz, Comendador Ordem do Mérito Teológico Cientifico, Medalha Mandela para a Paz Mundial, Medalha Cecília Meirelles, Medalha Castro Alves, Medalha Santo Agostinho, entre outras e mais de uma centena de Comenda recebidas, pelo seu ativismo pela paz e a educação inclusiva e na elaboração de Projetos Sociais visando o bem da humanidade. O Autor é UN Volunter, Signatário do Pacto Global das Nações Unidas, e Membro consultivo do UN Ecosoc/Esango. É Jornalista, Fundador e Presidente do Franco da Rocha News e do Instituto Educando Para a Paz.

Copyright © | Year Posted 2017




Post Comments

Poetrysoup is an environment of encouragement and growth so only provide specific positive comments that indicate what you appreciate about the poem.

Please Login to post a comment

A comment has not been posted for this poem. Encourage a poet by being the first to comment.